Publicado em Atividades da BE de Articulação - Pré Escolar, Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo, Semana da Leitura

Promover a leitura, os livros e os autores: encontros com a escritora Isabel Zambujal

Saiba + sobre a autora

Anúncios
Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo

Lenços de namorados sem erros de ortografia

img_1006.jpg

Exposição a visitar no átrio da BE e da Direção

Os alunos das turmas do 4º ano do 1º ciclo da Martim de Feitas realizaram uma atividade de expressão escrita e plástica, inspirada na tradição minhota dos lenços dos namorados, também designados por lenços marcados, bordados ou de amor.

Um conjunto de desenhos previamente impressos permitiu a redação de pequenas quadras, cuja relação com os Lenços de Namorados é evidente, dado que estes também se apresentam como um forma poética e artística genuína, isto é, de grande simplicidade, como as crianças pequenas são capazes de escrever.

Atualmente, “muitos dos lenços encontram-se conservados nas famílias, mas já existem alguns em museus. Entre os textos bordados sobressaem as quadras de inspiração popular. Desde o ponto de vista linguístico constituem um documento de excepcional valor: bordados em longo trabalho por bordadeiras de escassa alfabetização, apresentam a língua popular do modo mais directo, nos seus diferentes aspectos. Os textos analisados tal como aparecem nos lenços, com todos os seus “desvios” da língua culta e da ortografia padrão, conservam assim todo o seu valor documental como testemunhos da fala popular. ” Já aos nossos alunos foi pedido que, conservando a mancha cromática dos lenços, redigissem textos sem desvios da língua padrão, ou seja, sem erros de ortografia.

in http://myguide.iol.pt/profiles/blogs/len-os-dos-namorados-uma-tradi-o-portuguesa

Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo

Iniciação à Educação Literária preencheu maioria das sessões com turmas do 1º Ciclo

Iniciadas no mês de outubro, prosseguiram em novembro e dezembro as sessões de animação da leitura / iniciação à educação literária em todas as turmas do 1º ciclo. Com a duração de quarenta e cinco minutos, estes momentos  proporcionam uma abordagem lúdica e dramatizada dos textos que, posteriormente, em contexto de sala de aula, são trabalhados pelos professores titulares de turma.

De acordo com as orientações para a Educação Literária neste nível de ensino, foram tratadas as obras Corre, Corre, Cabacinha (versão de Alice Vieira), A Girafa que Comia Estrelas (José Eduardo Agualusa), O Têpluquê (Manuel António Pina), Robertices (Luisa Dacosta) e Teatro às Três Pancadas (António Torrado).

 

Durante este primeiro período, as sessões foram ainda preenchidas com Encontros com Escritores e com a apresentação de Contos de Natal (concurso de postais de Natal).

Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo

Iniciação à educação literária e hora do conto no 1º ciclo

Dando cumprimento ao Plano de Atividades das Bibliotecas do Agrupamento, realizaram-se durante o mês de outubro, ao nível do 1º Ciclo, sessões de animação da leitura e exploração de algumas das obras propostas pelo Ministério da Educação para a Educação Literária, dinamizadas por um elemento da equipa da BE e abrangendo todas as turmas. Quinzenalmente, cada uma das 29 turmas usufrui destes momentos de promoção da leitura integrados nos projetos “Hora do Conto” e “Ler com a cabeça e o coração”, em articulação com os professores titulares de turma.

No contexto da Hora do Conto foi trabalhado o conto tradicional O Mocho e o Lobo  e ao nível da exploração das obras indicadas para a Iniciação à Educação Literária (1º e 2º anos de escolaridade) e Educação Literária (3º e 4º anos),  através de uma abordagem lúdica e dramatizada,  foram  apresentadas as obras (ou parte) Dez dedos, dez segredos, O Príncipe com Orelhas de Burro ( versão de Adolfo Coelho),  Poemas da Mentira e da Verdade e A Princesa e a Ervilha (tradução de Silva Duarte).

 

Durante o mês de novembro, além dos Encontros com Escritores, serão abordadas as obras (ou parte)  Corre, corre cabacinha, O Têpluquê, Robertices e Teatro às três pancadas.

 

 

Publicado em Atividades da BE de Articulação - Pré Escolar, Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo

Ciclo de encontros com escritores vai decorrer até dezembro

Com o objetivo de promover o livro e a leitura no pré-escolar e no 1º ciclo, vai ter início na próxima segunda-feira (prolongando-se até ao final do 1º período) uma série de Encontros com Escritores. O contacto de alunos com os autores é já uma prática frequente em escolas e bibliotecas.  É inquestionável a sua  importância  para a formação de leitores.

António Vilhena estará no Centro Escolar de Montes Claros, no dia 30 de outubro, para apresentar Picó Seis Dedos no Planeta Azul. No dia 2 de Novembro marcará presença  no Jardim de Infância e na Eb1 dos Olivais. A Escola de Coselhas terá a sua visita no dia 8 de novembro. Este autor já esteve no nosso agrupamento no ano letivo anterior (ver aqui).

 

A Escola de Santa Cruz vai receber no dia 16 de novembro o escritor João Manuel Ribeiro. Neste encontro participarão os alunos da EB1 de Santa Cruz e da EB1 da Conchada. No dia 6 de dezembro será a vez de Coselhas receber a escritora Lurdes Breda. A fechar este ciclo de Encontros, Pedro Seromenho vai estar, no dia 13 de dezembro, no Centro Escolar de Montes Claros e também na biblioteca da EB 2,3 Martim de Freitas.

Estas três sessões enquadram-se no projeto “A Ler e a Contar na Biblioteca Escolar, uma iniciativa da Rede Concelhia de Bibliotecas Escolares.

Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo, Mês Internacional da Biblioteca Escolar

Alunos do 1º ciclo receberam mascote, cruzaram-se com Martim de Freitas e viajaram pelo mundo das fábulas

Nas duas primeiras semanas de outubro realizaram-se, em todas* as 29 turmas do 1º ciclo, sessões de apresentação da mascote das bibliotecas do nosso agrupamento. Foi explorada a simbologia do mocho bem como da chave que faz parte, quer do logotipo do agrupamento, quer da mascote, agora criada. Recorde-se que este processo teve início no ano letivo anterior com o lançamento de um concurso para a criação da mascote das bibliotecas (veja aqui e aqui).

Com a criação de uma mascote e logotipo pretende-se reforçar a empatia, a identidade gráfica e a imagem institucional das bibliotecas junto dos seus utilizadores. A promoção da “imagem corporativa” passará pela utilização do logótipo da BE em todos os documentos impressos, no blogue Pegada de Papel, em newsletters e boletins da BE que possam vir a ser criados, em materiais promocionais diversos, como folhetos, desdobráveis, agendas de atividades, convites, cartazes, marcadores para livros…

Aproveitando a imagem do mocho, estas sessões de promoção da biblioteca, do livro e da leitura, foram complementadas com a apresentação do conto da tradição oral  “O mocho e o lobo”, também conhecido por “Mocho comi”. É importante incentivar as crianças e os jovens a conhecerem estes textos da literatura tradicional de transmissão oral que fazem parte do nosso património imaterial.  Sendo 2018 o Ano Europeu do Património Cultural esta atividade revelou-se ainda mais atual e pertinente.

Registou-se muito boa adesão da comunidade escolar e outras iniciativas se seguirão, integradas no Mês das Bibliotecas Escolares.

*as quatro turmas de 1º ciclo que funcionam na EB2,3, terão sessões na semana de 16 a 20 de outubro.

 

Publicado em Atividades da BE com Pais/Encarregados de Educação, Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo, Atividades da BE em Articulação com a Eco-Escolas

Mantas de Histórias

 

Na Escola Básica do 1.º Ciclo de Montes Claros, os alunos das três turmas do 2.º ano, com o apoio  dedicado dos Pais/Encarregados de Educação,  concluíram as suas mantas de histórias.

O projeto nasceu de uma iniciativa da Coordenadora do Projeto Eco-Escolas, e também membro da equipa da biblioteca escolar, Professora Ana Canilho, mas contou com a colaboração de todos os professores titulares de turma do 2.º ano, da Sr.ª Dª Lurdes Ventura, funcionária da biblioteca e, no final, com o engenho e a arte da Professora Emília Pereira que, com paciente labor artesanal, uniu todos os quadrados ou todas as histórias que as mantas contam.

As mantas, que estiveram expostas no recreio na festa de final do ano letivo, são não só belas como têm também uma dimensão afetiva, pois cada criança trouxe, afinal, a sua história preferida em cada bocado de tecido.

Este slideshow necessita de JavaScript.