Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo, Atividades da BE em articulação - 2.ºCiclo, Atividades da Biblioteca em Articulação com a BMC

HÁ POESIA NA ESCOLA – Cerimónia de entrega dos prémios

img_20170421_155421

No dia passado dia 21 de abril (sexta feira), pelas 15h30min, foram entregues os prémios aos vencedores do Desafio Municipal de Leitura e do Concurso Municipal de Poesia, antecipando o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor.

O Agrupamento alcançou dois prémios nos dois primeiros escalões desta 8.ª edição do Concurso Municipal de Poesia: uma aluna da EB1 de Montes Claros, no 1.º escalão, ficou colocada em segundo lugar com o poema “A análise” e outra aluna, do 2.º ciclo da EB23 Martim de Freitas, conseguiu o 1.º lugar em ex aequo com o poema “Os sistemas do corpo humano”, como já tínhamos divulgado aqui.

A cerimónia, apresentada pela Sr.ª Diretora da Biblioteca Municipal de Coimbra, Dr.ª Lurdes Branco, decorreu de modo informal e alegremente: os pequenos poetas apresentaram os seus textos, ouviram com atenção a leitura dos poemas dos colegas e receberam um prémio.

No final, visitámos a exposição “Entre a Ciência e a Literatura. Ah! O Prazer de Ler.”, por alunos de escolas do concelho, inaugurada a 29 março, na Casa da Cultura, que reuniu trabalhos de alunos do 4.º ano das Escolas Básicas de 1.ºCiclo de Coselhas e de Montes Claros.

 

Para ler os poemas, clicar aqui: HÁ POESIA NA ESCOLA 2017 – A Análise  

                                                          HÁ POESIA NA ESCOLA 2017 – Os Sist. Corpo Humano

Publicado em Concursos, Sugestões de Leitura

Miúdos a votos: Quais os livros mais fixes? – Resultados eleitorais

Na quarta-feira, dia 26 de abril, foram publicados os resultados eleitorais do concurso “Miúdos a votos: Quais os livros mais fixes?” na revista Visão Júnior (versão digital).

No concurso participaram 308 escolas – 148 no 1.º Ciclo, 145 no 2.º Ciclo e 147 no 3.º Ciclo, sendo apurado um total de 53 666 votos – 17 087 votos no 1.º Ciclo, 18 326 votos no 2.º Ciclo e 18 253 votos no 3.º Ciclo.

No 1.º Ciclo, os três livros mais votados foram O Principezinho de Antoine Saint-Exupéry, Porque é que os Animais não Conduzem? de Pedro Seromenho, e O Tubarão na Banheira de David Machado.

No 2.º Ciclo, os três livros mais votados foram Avozinha Gangster de David Walliams, Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowlings, e O Principezinho de Antoine Saint-Exupéry.

No 3.º Ciclo, os três livros mais votados foram A culpa é das estrelas de John Green, O Diário de Anne Frank e O rapaz do pijama às riscas de John Boyne, separado apenas por um voto, da Avozinha Gangster de David Walliams.

Para saberes mais, podes consultar o artigo da revista Visão Júnior (versão digital) aqui.

Publicado em Atividades da Biblioteca, CMC

Rua dos Saberes – 25 de Abril

No passado dia 25 de abril, o nosso Agrupamento esteve presente na “II Mostra de Educação Concelhia”, intitulada “Rua dos Saberes”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Coimbra através do Departamento de Desenvolvimento Social e Ambiente, Divisão de Educação e Ação Social.

A Biblioteca Escolar marcou presença através da atividade “Dar Poesia a Coimbra”, com alunos do 3.º Ciclo a ler e a oferecer poemas a todos quantos visitaram o stand do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas.

Publicado em Atividades da BE em articulação - 1ºCiclo, Efemérides

POR QUE MOTIVO A LIBERDADE PODE SER UM TESOURO?

25 de Abril nas Bibliotecas de Santa Cruz e Coselhas

Nas escolas de Santa Cruz e de Coselhas, o 25 de abril foi o tema da atividade desenvolvida com alunos do 2.º e 3.º anos, na primeira semana de aulas. O ponto de partida foi a leitura da obra de Manuel António Pina O Tesouro, uma narrativa publicada pela primeira vez em 1994 pela Associação 25 de Abril, com o alto patrocínio da Presidência da República, e indicada para leitura orientada pelo Plano Nacional de Leitura.

o Tesouro

A obra em formato digital pode ser lida no Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra em:

http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=tesourobd

O livro O Tesouro, ou a história do País das Pessoas Tristes que conquistaram a liberdade , esteve também na origem da curta-metragem de João Botelho Se a Memória Existe, apresentada aquando das comemorações dos 25 anos do 25 de abril em 1999, e cuja história se desenrola em torno de uma criança a quem alguns dos protagonistas da Revolução dos Cravos  vão emprestar as suas memórias.

  Também se recorreu ao programa Infominuto  da RTP 1, um “episódio que conta, muito sinteticamente, a história do 25 de abril, em Portugal. Explica o clima político, económico e social que se vivia durante o estado novo e como e por que é que se deu a Revolução dos Cravos.”

No final da leitura da obra, os alunos responderam à questão:

Por que motivo a liberdade pode ser um tesouro?

Podemos ser felizes.

Podemos fazer o que nós queremos.

Podemos falar com os nossos amigos.

Dizer os segredos que quisermos.

Respirar profundamente e com tranquilidade.

Sentirmo-nos livres.

Dizer o que pensamos.

Porque acabou a guerra.

Os meninos e as meninas podem andar juntos na escola.

Faz-nos sentir felizes.

Já não é preciso ir para a guerra.

Podemos vestirmo-nos como quisermos.

Portugal já pode ser feliz.